Notícia

12/09/2008 - Topocart utiliza tecnologia de ponta na atualização da Base Cartográfica do DF

A Topocart está realizando o mapeamento de todo território do Distrito Federal, uma extensão equivalente a 5,8 mil km², para elaborar uma nova Base Cartográfica da região na escala 1:10.000. A empresa utiliza as mais avançadas tecnologias disponíveis no mercado para a realização do trabalho, cujo objetivo é subsidiar o Governo do Distrito Federal na definição de políticas públicas em diversas áreas da administração, envolvendo desde planejamento urbano a estudos ambientais.

As etapas de cobertura aerofotográfica e de levantamento da rede geodésica já foram concluídas. O recobrimento aerofotogramétrico foi realizado com a Câmera Digital UltraCam-Xp integrada a sistemas GPS/IMU. De acordo com o Gerente de Projeto da Topocart, Denis Silva, a utilização do conjunto que garante maior precisão e dinamismo na obtenção das informações, bem como um diferencial qualitativo na geração dos produtos. Para mapear todo o Distrito Federal, a Topocart realizou 2.276 fotografias com resolução espacial de 25 cm.

Denis Silva explica que a obtenção simultânea das imagens em infra-vermelho é um diferencial que integra o trabalho da Topocart e que será útil para a realização de análises para diversas áreas da administração do Distrito Federal, especialmente na área ambiental. A elaboração da Base Cartográfica do DF foi contratada pela Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) e teve início com a definição conjunta entre os técnicos da Topocart e Terracap da distribuição espacial dos vértices existentes e a seleção dos marcos necessários para sua composição.

Todos os vértices da rede atual, esclarece Denis Silva, foram amarrados à Rede Geodésica de primeira ordem do IBGE e posteriormente reajustados. “Após a divulgação desses dados pela Terracap, o usuário terá disponível uma rede robusta de 79 vértices que unificará as informações coletadas, beneficiando de maneira direta a todos os levantamentos futuros que se fizerem necessários no Distrito Federal”, afirma.